Ação Total: Evolução dos preços e previsões

Invista na ação Total!
Os CFD (contratos sobre diferença) são instrumentos financeiros complexos que apresentam um risco elevado de perda rápida de capital por causa da alavancagem. De 74 a 89% das contas de clientes individuais perdem dinheiro ao negociarem CFDs. Você deve assegurar-se de compreender perfeitamente o funcionamento desses contratos e que você tem condições de se expor ao risco de perder dinheiro nessas negociações.
Classificação: 4.05 56 votos
 

Na hora em que analistas especialistas do mercado das matérias-primas consideram um novo disparo dos preços do petróleo, torna-se interessante tomar posição em ações das grandes companhias ligadas a esse setor como, por exemplo, a ação do grupo Total. É por esse motivo que lhe propomos esse resumo da evolução dos preços desta ação no decorrer dos últimos dez anos, bem como nossas previsões em médio e longo prazo.

 

Evolução histórica dos preços da ação Total:

Ao observar os gráficos financeiros da ação Total num período de 10 anos, a primeira coisa que se nota é que esse ativo sempre evoluiu em montanha-russa. O que significa que seu preço sofreu muitos períodos de alta e baixa sucessivos. Isso demonstra uma forte volatilidade, o que ocasiona possibilidades de ganhos apreciáveis a curto e médio prazo.

Observando em prazo mais longo, pode se enxergar várias grandes tendências. O ano de 2005, por exemplo, foi marcado por uma alta sensível da cotação que terminou o ano em torno dos 53,00 euros. Seguiu-se um período de estabilização, sempre pontuado de micro movimentos, até julho de 2007, data em que a ação atingiu sua cotação mais alta de 63,05 euros. Esse período altista deixou lugar a uma correção baixista até outubro de 2008 em que a cotação da ação Total atingiu a marca mais baixa de 33,18 euros.

Os dois anos seguintes serão mais estáveis com um novo recorde baixista em 2011 com 30,85 euros. Daí até junho de 2014, a cotação do título seguiu uma tendência altista, antes de corrigir novamente para a baixa.

 

Quais previsões quanto à evolução da cotação da ação Total?

Embora o período atual não seja particularmente favorável ao preço do petróleo como matéria-prima, os analistas e especialistas desse mercado concordam em dizer que os próximos anos deveriam ser de nova alta das cotações. De fato, assistimos a uma queda recorde dos preços do petróleo desde o inicio do ano 2015, mas os investidores deveriam em breve aproveitar essa baixa para realizar compras a baixo custo.

O mesmo acontece com a cotação das ações de empresas cotadas na Bolsa de Valores, como a Total, o que é um quadro bastante promissor. Observa-se que o título da companhia Total resistiu bem à queda do preço do petróleo, apresentando ainda um bom rendimento.

Por outro lado, essa empresa deveria diferenciar-se das suas concorrentes pelo anúncio de um aumento de sua produção no decorrer dos próximos anos. Outra vantagemprovém do tipo de contratos passados com os países parceiros, dentre os quais os contratos de compartilhamento da produção, que não prejudicam a companhia petroleira em caso de queda de preços.

A ação Total possui, portanto, um futuro promissor pela frente e deve oferecer oportunidades interessantes aos investidores que a possuem ou a negociam com os CFD no mercado de ações.

Como investir na ação Total?

Cadastre-se desde já em um broker CFD de qualidade e credenciado pelas autoridades financeiras para começar a especular sobre a cotação da ação Total. Você poderá então negociar e apostar, quer na alta, quer na queda, na cotação dessa ação e especular sobre sua evolução em curto, médio ou longo prazo.